Informação para Autores

A Revista de Criminologia e Ciências Penitenciárias Penitenciárias é uma publicação trimestral, com a finalidade de divulgar trabalhos nas áreas de: criminologia; ciências penitenciárias; sociologia; direitos humanos; bioética; medicina legal; psiquiatra forense; direito penal; e execução penal. Os trabalhos recebidos para publicação são encaminhados ao julgamento do Conselho Editorial, que decidirá sobre a conveniência, ou não, da publicação. Não serão devidos direitos autorais ou qualquer remuneração, a qualquer título, pela publicação dos trabalhos. As idéias e opiniões expressas nos artigos são de exclusiva responsabilidade dos autores, não refletindo, necessariamente, as opiniões do Conselho Editorial. A publicação da Revista é online. O Conselho Editorial da Revista reserva-se ao direito de não comentar os motivos de uma eventual recusa. Os autores deverão observar as seguintes orientações para submissão do texto para publicação: 1. Os textos podem ser apresentados em português, inglês, espanhol ou mandarim, e deverão ser enviados por meio deste site. 2. Os textos devem ser redigidos em folhas de tamanho A4, com margens de 3 cm de cada um dos lados e numeradas com algarismos arábicos no canto inferior direito. O texto deve ser redigido em letra tipo “Times New Roman”, tamanho 12 e parágrafo com espaçamento duplo. 3. A folha de rosto deverá conter título (além da língua original, em inglês ou espanhol), resumo (nas duas línguas escolhidas, contendo até 150 palavras), palavras-chave (nas duas línguas escolhidas, contendo de 3 a 6 palavras). 4. Nome dos autores (na ordem em que deverão ser publicados), vínculo institucional, endereço, e-mail, breves informações profissionais; 5. Espera-se que os textos sejam enviados já revisados pelos autores. Serão aceitos trabalhos para as seguintes sessões da Revista: - Doutrina Internacional - esta seção inclui relatórios, comentários e análises críticas da doutrina jurídica internacional, Direito comparado e discussões sobre políticas para populações criminais. - Doutrina Nacional – esta seção pretende abordar os mesmos temas descritos acima, com foco na realidade brasileira. Os artigos enviados tanto para a seção "Doutrina Internacional", bem como para a "Doutrina Nacional" deverão se encaixar nas seguintes modalidades: A- Estudo original - artigo sobre pesquisa original que se enquadre no perfil editorial da Revista. Estes artigos devem ser estruturados com os seguintes tópicos: Introdução, Métodos, Resultados, Discussão. Todos os estudos envolvendo seres humanos e animais devem incluir, no tópico ´Métodos´, declaração sobre aprovação por Comitê de Ética em Pesquisa e, em caso de humanos, informação sobre consentimento informado. Um resumo estruturado deve ser incluído B- Comunicação Breve – artigos curtos, de até 1.000 palavras. Podem incluir resultados parciais, ou achados interessantes. Serão permitidas até 5 referências e uma figura ou tabela. C- Artigo de Revisão - artigos de revisão que sigam a política editorial e se adequem ao escopo da revista, sobre temas relevantes concernentes à política editorial da Revista, tanto no Brasil como no exterior. D- Carta ao Editor – cartas de até 500 palavras, comentando artigos recentemente publicados ou descrevendo achados interessantes, como relatos de caso. 6. As citações deverão obedecer aos seguintes critérios: Citações textuais de até três linhas devem vir incorporadas ao parágrafo, transcritas entre aspas, seguidas do sobrenome do autor da citação, ano da publicação e número da página entre parênteses. Citações textuais com mais de três linhas devem aparecer em parágrafo isolado, utilizando-se recuo na margem esquerda, em corpo 11, sem aspas, terminando na margem direita do trabalho. Caso não haja citação, mas apenas referência ao autor, seu sobrenome deve ser indicado e, entre parênteses, o ano da publicação. As notas devem aparecer ao final do texto. Deve-se usar numeração consecutiva dentro do texto. 7. Caso haja figuras e gráficos, as ilustrações (fotografias, gráficos, desenhos, etc.) devem ser enviadas em formato JPG (em alta resolução – 300 dpi). Fotocópias não serão aceitas. Se houver figuras extraídas de outros trabalhos previamente publicados, os autores devem providenciar permissão, por escrito, para sua reprodução (esta autorização deve acompanhar os manuscritos submetidos à publicação). 8. As referências bibliográficas devem ser listadas ao final do texto, com o título "Referências bibliográficas". Incluir apenas obras citadas ao longo do texto. Organizar a bibliografia segundo o padrão ´Vancouver´: Para maiores informações, consultar: 1- http://library.vcc.ca/downloads/VCC_VancouverStyleGuide.pdf 2- Uniform Requirements for Manuscripts Submitted to Biomedical Journals – the “International Committee of Medical Journal Editors”: http://www.icmje.org/index.html 3- Manual da FIOCRUZ em português: http://www.fiocruz.br/bibsmc/media/comoreferenciarecitarsegundooEstiloVancouver_2008.pdf Exemplos: 1. RELATÓRIOS OU MONOGRAFIAS: The economic and social costs of mental health problems in 2009/10. In: report CfMH, editor.2010. 2. RELATÓRIOS ONLINE: An evaluation of pilot services for people with personality disorder in adult forensic settings. Final report submitted to National Coordinating Centre for NHS Service Delivery & Organization R & D – 02/20082008: Available from: www.sdo.nihr.ac.uk/files/project/84-final-report.pdf. 3. ARTIGO DE REVISTA CIENTÍFICA: Critical issues in mental health nursing. Part II. Nursing issues in forensic mental health. The Queensland nurse. 2006 Nov-Dec;25(6):6. 4. LIVROS: Dukakis K, Tye L. Shock, the healing power of Electroconvulsive Therapy. . New York, NY: Avery Trade; 2006.